PERFIL

Fuxico é algo singelo, os materiais necessários são poucos e fáceis de achar. Retalho, tesoura, linha e agulha são os primordiais. O tipo de pano utilizado pode variar bastante, o que deixa mais versátil ainda esse artesanato. Porém, fuxico engana quem vê só um pronto e como dizem por aí: uma só flor não faz toda a primavera.

Por mais que o fuxico tenha uma técnica fácil, um nunca será igual ao outro, cada qual com seus detalhes, porém, juntos tomam formas e criam composições que rendem toda uma estação, repleta de cores e tamanhos.

A receita de um bom artesanato de fuxico é saber dosar bem os ingredientes, paciência e habilidade, com uma pitada de delicadeza. Ana sabe muito bem o ‘sabor’ que isso dá. Junto de sua filha Rafaela criam uma infinidade de produtos usando o fuxico como base.

A mãe aprendeu com as avós, Dona Benedita e Dona Maria Emília. Desde pequena foi curiosa para fazer o fuxico, observava como faziam e reproduzia por conta. Nos anos 90 começou a se dedicar inteiramente aos artesanatos e, quando Rafaela tinha 15 anos, colocou também a mão na massa, ou melhor, nos retalhos. Desde então trabalham juntas, como os fuxicos, unidas com esmero e devoção na confecção de suas peças.

MATERIAL

TÉCNICA

Tecido, linha, argola, pingentes, miçanga, papel panamá, fita de cetim, CD.

Para fazer o molde, utiliza uma tampa de acordo com o tamanho que deseja fazer o fuxico. Risca com a caneta quantos fuxicos forem necessários, recorta e costura.

CONTATE O ARTESÃO PARA CONSULTAS/ENCOMENDAS:

(12) 996812444

facebook.com/artesanatoamanhecer

ANA APARECIDA LOBO DE OLIVEIRA

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon